O blog da Nanda

um espaço eclético zen

Somos filhos de um único Brasil!!!

Posted by Nanda on October 19, 2010

Eu realmente não gosto de discutir sobre política, porque sinceramente, nestes muito anos de vida, ainda não vi nenhum movimento político no Brasil, que me fizesse sentir inspirada e motivada a me envolver. Sinceramente. Para me envolver, preciso de acreditar. Peraí, gente. Essa é a minha experiência, tá legal? Mas, em meio a esse mega ti-ti-ti político, não consegui me abster de fazer, pelo menos, um singelo comentário.

Infelizmente, o que mais temos visto, no já conturbado cenário político nacional, são posicionamentos radicais que só estão servindo para confundir as pessoas e, dificultar ainda mais (se é que isso é possível) que se façam escolhas sensatas.

Em pleno século XXI, o século da queda dos velhos e ultrapassados sistemas, da mudança de paradigma, das grandes reviravoltas externas e internas, segundo os grandes filósofos, é inacreditável testemunhar tanta energia empreendida em malabarismos e maluquices inimagináveis, pelo simples prazer de derrubar um oponente político, seja como for. As pessoas estão se atendo a meros detalhes e, deixando de ver o que realmente é essencial. A impressão que se tem é que essa questão, ou melhor, essa guerra eleitoral se tornou uma questão de honra pessoal. O objetivo principal, ou seja, a meta,  não seria dar ao povo o que ele precisa? Ou estou equivocada? Não seria o POVO o protagonista desse capítulo da história do Brasil?

Nós somos uma minoria privilegiada, venhamos e convenhamos. Mas, o povão mesmo está aí, cada vez mais despreparado, totalmente à mercê dos inúmeros problemas derivados da falta de educação básica, por exemplo. Pelo que me consta, nenhum dos dois candidatos à presidência da república apresentaram até agora um plano sólido e promissor de educação integral, ou seja, pra todos, sem exceção, do Oiapoque ao Chuí. Pode ser até que esteja equivocada. Tomara que sim! Mas, vou além. Em vez de alimentarmos essa desnecessária “power trip” política, não poderíamos todos juntos criar um super plano, para ajudar ao presidente eleito conceder ao povo brasileiro a tão necessária EDUCAÇÃO básica… fosse quem fosse eleito? O mais importante não é quem vai ser eleito, mas sim o que vai ser dado ao povo. Essa perspectiva parece estar perdida em meio ao nevoeiro que surge nesse tipo de duelo eleitoral, o que é uma grande pena.

Os desastres ecológicos estão aí mesmo, sinalizando para quem quiser ver, uma necessidade premente de se mudar a forma de pensar as coisas. Estamos todos no mesmo barco. Precisamos nos unir para sobreviver! Estamos em tempos de parcerias, de unicidade. Não há espaço nem tempo para guerrilhas separatistas infundadas, que me desculpem os inflamados convictos. O povo brasileiro é um só. E, antes de sermos brasileiros, somos cidadãos de um mesmo planeta, que se encontra em condições lamentáveis de preservação, por causa da insensatez humana. Não podemos perder isso de vista.

De qualquer forma, fico por aqui nesta discussão. Até porque esse é o tipo de discussão improfícua.

Desejo BOA SORTE pra todos nós, filhos de um único Brasil. Mas, confesso que sinto calafrios, quando me lembro daquele velho ditado que diz:

Cada povo tem o governo que merece.

Ui!


Posted in coisas da vida, pra pensar | 1 Comment »

Comida Viva:estilo de vida, modismo ou tratamento de saúde?

Posted by Nanda on September 25, 2008

Comida Viva: modismo, estilo de vida ou tratamento de saúde?

 

A comida viva é um estilo de vida para muitos, modismo para outros, mas com certeza um verdadeiro “tratamento de saúde” para todos que a experimentam.

 

A comida viva consiste em um regime alimentar onde a maioria dos alimentos são crus ou não são aquecidos a uma temperartura superior a 46˚C (ou 115˚F). Neste tipo de alimentação predominam as frutas, os vegetais, as castanhas, as sementes, os legumes e os grãos germinados.

As pessoas que aderiram à comida viva acreditam e, muitas podem até mesmo comprovar, que os alimentos cozidos acima de 46˚C perdem quase integralmente o seu teor nutritivo, além de ser prejudicial ao corpo.

Entre os inúmeros benefícios, eis alguns dos mais registrados:

ü      alívio e/ou cura de vários problemas de saúde;

ü      mais energia;

ü      rejuvenecimento da pele;

ü      perda de peso;

ü      melhora da saúde de maneira geral. 

 

Nos Estados Unidos o movimento é antigo e, ganha novos adeptos a cada dia. Há ótimos livros a respeito do assunto. Dos que já passaram pelas minhas mãos, sugiro sem pestanejar:

 

“The Sunfood Diet Success System” – by David Wolfe

Este livro é super sensível e lotado de informações valiosas. Realmente vai muito além da comida viva.  Este é um livrosobre as questões mais profundas da Vida. Considero um must!

www.davidwolfe.com

 

“Raw Food Made Easy” – by Jennifer Cornbleet

Este livro é excelente para principiantes, porque ensina o b-a-bá da comida viva e dá muitas dicas de receitas e equipamentos.

www.learnrawfood.com

 

“The Raw Food Detox Diet”- by Natalia Rose

Esta famosa nutricionista de Manhattan (NY) foi muito feliz neste livro e, ajuda aqueles que querem ingressar no universo da comida viva, mas de uma forma mais gradativa. Ela escreveu dois outros livros, que ainda não tive chance de ler. Mas, fiquei muito bem impressionada com este, com certeza. Nada como bom senso, não é mesmo?

www.detoxtheworld.com

 

“The Juiceman’s Power of Juicing – by Jay Kordich

Jay Kordich é um veterano da comida crua. Depois de se curar de um câncer fazendo este tipo de alimentação, saiu em turnê pelos Estados Unidos, para dar palestras a respeito. Jay, o Rei dos Sucos alerta para o perigo dos maus hábitos alimentares e, dá receitas de sucos para diversos problemas de saúde. Segundo Jay, a morte começa no colon, daí a necessidade de se abster de farináceos, alimentos açúcarados e gordurosos e, de se ingerir fibra, através de frutas, verduras, castanhas e sementes.

Consegui comprar um conjunto de 8 fitas cassetes, pelo site Amazon.com, que é muito bom também. O nome é: The Juiceman Audio Cassette Series with Jay Kordich. Vale super a pena!

 

O movimento da comida viva no Brasil vai bem obrigado e, inclusive locais públicos como o Sistema Único de Saúde, o SUS,  de Campos de Jordão estão implementando a comida viva no tratamento de várias doenças com um enorme sucesso.  Na Oficina da Semente, em Campos do Jordão, o médico e professor Alberto Gonzalez ensina os benefícios deste tipo de alimentação, que aplica em todos os tipos de doentes com um estrondoso sucesso. O Prof. Gonzalez também dá várias receitinhas básicas.

http://www.oficinadasemente.com.br

 

Pretendo em futuras publicações deste bloguito, escrever sobre cada uma destas feras, com mais detalhes sobre os seus conselhos, dicas e receitas. Enquanto isso, eis aqui algumas dicas “em comum” par lá de interessantes: 

 

1ª.

Tomar um suco verde pela manhã ao acordar;

 

2ª.

Comer apenas frutas (de preferência de um só tipo) pela manhã;

 

Quanto ao suco verde , há muitas receitas que variam um pouquinho ali e acolá, mas basicamente são a mesma coisa, com um benefício (MUITO IMPORTANTE!)  em comum:

A sua saúde vai lhe agradecer!

 

Segue uma receitinha básica de um suquinho verde bem legal:

 

A LIMONADA TURBINADA!

 

1 pé de alface romana (não se assuste, pois sai pouquinho suco do alface!)

4/5 talos de aipo

1 limão (com casca e tudo!)

1 pedacinho de gengibre

½ maçãs (bem docinhas)

 

O SUCO VERDE DO DR. ALBERTO GONZALEZ

 

grama de trigo (wheat grass)

pepino

verduras disponíveis

maçã

sementes germinadas

 

Seguindo a orientação dele, montei a seguinte variação:

 

O SUCO DO DR. GONZALEZ/ADAPTAÇÃO DA NANDA

 

1 punhado de grama de trigo (wheat grass)

1 alface romana

½ funcho ou erva doce

1 pepino

1 limão

2 maçãs bem doces

1 pedacinho de gengibre

semente de girassol germinada (2 mãos cheias)

 

Entre estas três versões, vocês estarão super bem servidos!

 

É importante saber que estes sucos são feitos em um extrator de suco ou em um liquidificador e, coado depois em coador de voile. Um bom extrator de suco pode custar até $ 300.00. Mas há um bem baratinho ($40.00) que pode ser comprado no nosso queridoWalmart, aqui nos Estados Unidos. Imagino que no Brasil qualquer Casa Bahia pode facilmente resolver esta questão.

 

 

SITES INTERESSANTES SOBRE COMIDA VIVA:

 

www.livingfoods.com

 

http://alimentacaoviva.blogspot.com/2008/01/o-trabalho-do-biochip-puc-rio.html

 

 

E aí no meio disto tudo, surge aquela célebre pergunta… a tal pergunta que não quer calar…

 

- Pô, Nanda, mas tudo isto aí dá o maior trabalho, né?

 

- Com toda certeza vai haver um acréscimo no seu quinhão diário de tarefas. Mas, em compensação, vai haver uma melhora considerável no seu estado geral de saúde. E, isto, não tem preço, tem?

Refiro-me simplesmente à adesão ao suquinho verde pelas manhãs. Quanto a comer 100% cru, não posso dizer nada ainda, porque, como vocês, estou apenas engatinhando neste universo da comida viva, que está me parecendo no mínimo promissor.

 

Enfim, para aqueles, como eu, que estão dispostos a se aventurar…

 

BOA SORTE PRA TODOS NÓS!

 

  

Posted in dicas de saúde, life style, você sabia? | 1 Comment »

A arte de não adoecer

Posted by Nanda on September 24, 2008

Se não quiser adoecer – “Fale de seus sentimentos”
Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças
como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a
repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar,
confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O
diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.

Se não quiser adoecer – “Tome decisões”
A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A
indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é
feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder
vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de
doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer – “Busque soluções”
Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a
lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que
lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce
existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa
que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer – “Não viva de aparências”
Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que
está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas
de peso… uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a
saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e
pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer – “Aceite-se”
A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos
algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que
não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos,
destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é
sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer – “Confie”
Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria
liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há
relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

Se não quiser adoecer – “Não viva sempre triste”
O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida
longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. “O bom
humor nos salva das mãos do doutor”. Alegria é saúde e terapia.
 

 
 

 

Texto do Dr. Dráuzio Varella

 
 
 

 

Posted in dicas de saúde, life style, pra pensar | 1 Comment »

O ensopado milagroso do Malhado: Uma receita que pode salvar cães e gatos

Posted by Nanda on September 16, 2008

 Dia destes me deparei com uma preciosidade de livro. O título em inglês é: “The Whole Pet Diet” escrito por Andi Brown.

Malhado é o nome do gatinho dela que ficou muito doente e, depois de levá-lo a vários veterinários, para resolver o problema,  ela conseguiu salvá-lo com este ensopado.

Segundo Andi, muitos problemas de saúde que os nossos “amiguinhos” enfrentam são devido à comida comercial, mesmo aquela que vêm com rótulos de “naturais”. A triste verdade é que os fabricantes de comidas para animais domésticos colocam todas as classes de porcarias para “engrossar o caldo”… e por causa disso os nossos queridos animalitos acabam ficando doentes. A investigação que Andi fez foi extensa e, infelizmente, ela descobriu que muitos fabricantes inescrupulosos chagm ao cúmulo de adicionar restos de aniamis mortos, matéria fecal e preservativos químicos letais como BHA, BHT e Ethoxyquin. Este último também é usado para matar ervas daninhas, pasmem senhoras e senhores… 

Andi Brown experimentou esta receita em vários animais com muito sucesso. E, em muitos casos, como foi o do seu gato Spot (Malhado), conseguiu reverter um quadro crítico, considerado praticamente sem solução.

Segundo Andi, um em quatro animais domésticos estão obesos e, todos os anos os proprietários de animais gastam fortunas incalculáveis tentando tratar seus animais com quadros de alergias, problemas nas juntas, doenças do trato digestivo e, outras doenças graves, que poderiam melhorar drasticamente com uma dieta apropiada, limpa (sem aditivos perigosos), feita em casa, como se fazia antigamente.

Mais uma vez… o preço que estamos pagando pela velocidade com que a modernidade nos obriga a levar a vida, está se estendendo aos nossos valiosos companheiros.

O livro é muito instrutivo. Vale a pena conferir!

Enquanto isso, se quiserem investir numa mudança super benéfica para o seu bichinho, segue a receita da sábia Andi:

 

O Ensopado Milagroso do Malhado

 

1.5 Kg de galinha ou peru (com pele, ossos e tudo mais)

¼ xícara de alho fresco

1 xícara de ervilhas

1 xícara de cenouras

½ xícara de batata doce

½ xícara de abobrinha

½ xícara de abóbora *1

½ xícara de vagem

½ xícara de aipo

1 colher de sopa de kelp *2

1 colher de sopa de alecrim seco

de 11 a 16 xícaras de água filtrada

 

*1.  A receita original leva o que se chama nos Estados Unidos de “yellow zuchini”, que é igualzinho à abobrinha, só que amarela. No Brasil, se fôr encontrado, pode se chamar abóbora-menina, ou abobrinha amarela. Por via das dúvidas, adaptei para abóbora, pois é tudo da mesma família! 

*2. Kelp é o nome que se dá às cinzas de algas de grande porte das quais se extrai o iodo.

 

Apenas para cachorros: acrescente 1 xícara de cevada integral e 1 xícara mal cheia de aveia. Ajuste a quantidade de água para dar um total de 16 xícaras.

A Andi não recomenda que se acrescente os grãos para os gatos.

 

Coloque todos os ingredientes em uma panela (de preferência de aço inox!). Assim que ferver, diminua o fogo e deixe cozinhar por duas horas. As cenouras devem estar macias. Retire do fogo, deixe esfriar e desosse a galinha. Use um processador de alimentos para fazer uma espécie de papa, trabalhando em pequenas porções de cada vez.

O purê deve ser mais grosso para cachorros e um pouco mais aguado para gatos. Refrigere o que vai precisar por três dias e o resto ponha no congelador.

 

Porções:

A quantidade vai variar em relação à idade, nível de atividade, estado de saúde, peso entre outros fatores.

 

Um gato adulto, digamos que possa comer 1 xícara por dia.

 

Quanto aos cachorros, segue uma tabelinha que dá uma idéia:

 

até uns 4.5 quilos                              de 1 a ½ xícaras

de 5 a 9 quilos                                   de 2 a 3 xícaras

de 9.5 a 18 quilos                              4 xícaras

 

A melhor coisa é seguir os sinais que o seu próprio animal dá em relação à porção ideal. Este anginhos só faltam falar. Sinalizam tudo com gestos e, principalmente com o olhar. Fiquem ligados.

 

Não se esqueça que o ingrediente principal para tratar o seu bichinho, além de boa comida e exercícios diários…. é…. é…é… quem advinha?

C A R I N H O!

 

Au! Au!Au!Au!Au!Au!Au!     

Posted in dicas de saúde, life style | 1 Comment »

Gansos Selvagens

Posted by Nanda on September 16, 2008

Wild Geese

 

You do not have to be good.

You do not have to walk on your knees

for a hundred miles through the desert

repenting.

You only have to let the soft animal of your

body love what it loves.

Tell me about despair, yours, and I will tell you

mine.

Meanwhile the world goes on.

Meanwhile the sun and the clear pebbles of

the rain are moving across the landscapes,

over the prairies and the deep trees,

the mountains and the rivers.

Meanwhile the wild geese, high in the clean

blue air, are heading home again.

Whoever you are, no matter how lonely,

the world offers itself to your imagination,

calls to you like the wild geese, harsh and exciting –

over and over announcing your place

in the family of things.

 

 

Gansos Selvagens

 

Você não precisa ser bom.

Você não precisa andar cem milhas de joelhos no deserto

se rastejando.

A única coisa que você tem de fazer é deixar

o seu macio corpo animal fazer o que gosta.

Me fale do seu desepero que eu te falarei do meu.

Enquanto isso a vida continua.

Enquanto isso, o sol e as cristalinas gotas de chuva

se movimentam pelas paisagens,

sobre as pradarias, árvores frondosas,

pelas montanhas e pelos rios.

Enquanto isso, os gansos selvagens, voando alto no límpido céu azul,

debandam de volta pra casa.

Quem quer que você seja, não importa o quão solitário seja,

o mundo se oferece para a sua imaginação,

te chama, assim como os gansos selvagens, estridentes e entusiasmados –

anunciando o tempo todo o seu lugar

na família das coisas.

 

BRAVO!!!!!

Posted in poesia, pra pensar | Leave a Comment »

Saúde: A nossa maior riqueza

Posted by Nanda on July 2, 2008

 

 

O nosso entendimento sobre saúde vem se ampliando consideravelmente nos últimos tempos. A simplória idéia de que saúde é a ausência de doença evoluiu para a constatação de que este estado de equilíbrio depende não apenas da condição do corpo físico, mas também dos tipos de pensamentos do indivíduo, do seu estilo de vida, da sua percepção do mundo, e de como administra as suas emoções.

 

Thomas Edison disse: “O médico do futuro não vai receitar remédios, mas sim despertar o interesse do seu paciente em fazer uma boa alimentação, em saber a causa e prevenção da doença e em se cuidar de uma forma integral.”

 

Há estudiosos que afirmam que um inofensivo mau humor já é sinal de falta de saúde, por se tratar de um caso clássico de indisposição do fígado. A verdade é que sem saúde não temos condições de usufruir das coisas boas da vida. O que adianta termos ótimas oportunidades de trabalho, um relacionamento maravilhoso, etc. e tal, se não nos sentimos bem …?

 

Um dos povos mais sábios que já habitou este planeta, os índios ensinam que o ser humano é um somatório do seu corpo, das suas emoções, dos seus pensamentos e da sua conexão com a vida em si, ou seja, com tudo aquilo que o cerca. Todos estes elementos se alinham como se estivessem em um círculo. A saúde mora no centro deste círculo. Quando um ou mais destes elementos se desequilibram, a harmonia se quebra e, numa gradação maior ou menor, perdemos a saúde.

 

O ritmo acelerado que a modernidade nos impõe e a desenfreada luta pela sobrevivência fazem com que cultivemos hábitos cuja característica principal é a “gratificação instantânea”. Ninguém tem tempo para quase nada com qualidade. O tempo urge e nos cobra um preço alto, altíssimo: a nossa valiosa saúde!

 

Quem tem tempo hoje em dia, por exemplo, para fazer comida fresquinha todos os dias? Um verdadeiro arsenal de “refeições congeladas”, convenientemente aquecidas em perigosos forninhos de microondas, são as estrelas de um triste cenário onde as pessoas estão cada vez mais mal-nutridas e com sintomas de “doenças misteriosas”.   

 

Quem consegue hoje em dia parar seja lá o que estiver fazendo para se concentrar na refeição que tem à sua frente? A hora das refeições é um momento sagrado, no qual dependendo da forma como os alimentos são digeridos, vai determinar como nos sentimos durante o resto do dia. Mas não há tempo para o essencial… Para alguns deve soar utópico, romântico ou até mesmo engraçado… pois vivemos numa época onde os valores são invertidos.

 

Quem reserva hoje em dia um tempinho que for para dar uma caminhada ao ar livre, ver o pôr-do-sol ou simplesmente prestar atenção na sua própria respiração? Tempo, tempo, tempo, tempo…

O tempo virou artigo de luxo. Estamos todos muito ocupados, ofegantes, “correndo atrás”, empenhados nas conquistas nossas de cada dia. Não podemos esquecer, porém, que nas nossas batalhas diárias, a nossa maior aliada é a saúde. Sem ela não chegamos a  lugar algum.

 

Quando se fala de saúde, a primeira coisa a considerar é qualidade de vida. A qualidade de vida é um investimento como outro qualquer. O bom investidor é aquele que é ponderado, que de pouquinho em pouquinho vai construindo um patrimônio sólido e substancial. A mesma coisa acontece quando nos empenhamos em construir um padrão de vida com qualidade. Como nos bons investimentos, os resultados efetivos e duradouros vêm a longo prazo, com determinação e consistência. É trabalho de formiguinha: um novo hábito saudável por vez! Um dia de cada vez!

 

Para se construir e/ou manter uma boa saúde, precisamos cultivar determinados elementos, com a sabedoria e delicadeza com que cultivamos flores. O esforço é grande, mas a recompensa é maior ainda.

 

Os mocinhos e os vilões da boa saúde

 

Dentre estes elementos-chave estão uma alimentação “consciente”, fresca, enxuta, com muitas verduras, legumes e frutas. Todo o cuidado é pouco com as carnes gordurosas, enlatados e alimentos que contêm gordura hidrogenada (gordura trans), sacarina, ciclamato, aspartame, sabores e corantes artificiais. Isto sem mencionar os supervilões da alimentacão: açúcar, trigo e laticínios. Dê atenção especial à água, fonte da vida! E, por favor, beba apenas água filtrada.

 

Exercitar é preciso, viver também é preciso! O exercício físico diário é um dos elementos-chave da boa saúde. Caminhar, por exemplo, é simples, econômico e efetivo. Que tal 30 minutos por dia? Se estiver fora de forma, comece por 15 minutinhos diários. Vamos lá, coragem!

 

O sono, ou melhor, o sono restaurador, pasmem senhores, pode ser um determinador da boa ou má saúde. Os especialistas afirmam que quando não dormimos o suficiente, acumulamos um déficit de sono que pode ocasionar doenças como a obesidade, diabetes do tipo 2, dores lombares, pressão alta, padrões de comportamento negativo em casa, no trabalho e no trânsito. Há toda uma ciência em torno de como se preparar uma noite perfeita de sono. Enquanto não chegamos lá, é melhor colocar a nossa toquinha, deixar o quarto bem escurinho e zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

 

Em razão do desgaste dos nossos solos, a grande maioria dos alimentos já não tem o teor nutritivo que precisamos para manter as “nossas máquinas”. Por isto, os suplementos nutricionais tornaram-se também fundamentais. O que tomar? Que marca comprar? Muita calma nesta hora! Prefira as fórmulas que não contêm açúcar, sal, trigo, milho, glúten, leite, amido e outros tipos de “enchimentos”, infelizmente usados por muitos fabricantes, e que podem causar alergias. As fórmulas líquidas são de mais fácil absorção.Você vai ter de dar uma de detetive para fazer boas escolhas.

 

Importante é também considerar o fator desintoxicação. Infelizmente, vivemos num mundo muito tóxico. Se começarmos a fazer uma lista de tudo o que é tóxico, começando pelas obturações de prata e amálgama, passando pelos produtos de limpeza doméstica, panelas de alumínio, pesticidas usados na agricultura, o cloro da água que vem da torneira, determinados tipos de maquiagem…vamos sair correndo achando que não temos saída… Acalme-se, pois nem tudo está perdido, mas é preciso se conscientizar e fazer as mudanças necessárias.

 

Não podia deixar de mencionar o maior de todos os vilões em se tratando de saúde: o estresse. Seja apenas físico, emocional ou físico-emocional, o estresse é a causa da maioria das doenças. Há muitas maneiras, porém, de aliviá-lo, incluindo técnicas de respiração, longos passeios, o contato direto com a natureza, hobbies, entre outros.

 

Nesta questão da saúde, não podemos esquecer que fazer o que se gosta é vital. Pode ser colecionar figurinhas, assistir filmes antigos, andar de bicicleta com os filhos, fazer trabalhos manuais, ler bons livros ou simplesmente coçar a barriguinha do seu bichinho de estimação. Se faz você se sentir feliz, já está valendo. Afinal, alegria,  prazer e satisfação são eternos companheiros da boa saúde.

 

 

      

 

 

Posted in dicas de saúde, life style, pra pensar | 1 Comment »

O verdadeiro motivo de Eva ter comido a maçã …

Posted by Nanda on July 2, 2008

 

 

Esta é mesmo para descontrair. Foi a minha prima e comadre Ciça quem me mandou.

Valeu Ciça!

:)))

 

No início, Eva não queria comer a maçã…

 Come, disse a serpente, e serás como os anjos!

 Não! Respondeu Eva.

 Terás o conhecimento do Bem e do Mal, insistiu a víbora.

 Não!

 Serás imortal.

 Não!

 Serás como Deus!

 Não, e não!

 A serpente já estava desesperada e não sabia o que fazer para que Eva comesse a   maçã.

 Até que teve uma idéia.

 Ofereceu lhe novamente a fruta e disse:

 Come que emagrece!

 Aí danou-se!!! 

 

Posted in whatever | Leave a Comment »

A receita de bolo de cenoura da Nanda

Posted by Nanda on July 2, 2008

mas que belas cenouras...!

 

Esta receita é feita com ingredientes naturais e de ótima qualidade. O resultado é um bolinho bem gostosinho, saudável e de baixo teor  glicêmico.

 

Vamos a ela!

 

5 cenouras de preferência orgânicas

1 xícara mal cheia de óleo de boa qualidade (canola é uma boa opção)

4 ovos orgânicos

2 xícaras mal cheias de nectar de agarve, açúcar de tâmaras ou mel

 

1 xícara de farinha de arroz integral

1 xícara mal cheia de semente de linhaça moída

raspas de limão

 

Modo de Fazer:

 

Bata as cenouras, o óleo, os ovos e o adoçante natural escolhido no liquidificador.

Junte esta mistura à farinha de arroz integral e à linhaça num vasilhame grande e misture com as mãos.

Ao trabalhar nesta mistura, pense em saúde, alegria e bem estar. Cante uma canção que goste, se desejar. A energia injetada na comida, quando é feita, pode levar as pessoas que a comem a sentirem bem estar ou indigestão. Já assistiram o filme Como Água para Chocolate?

Quando a massa estiver bem amassada com muito carinho e muitas cantigas, jogue as raspas de limão e coloque no forno em uma forma bem untada.

 

O bolo leva em torno de 45 minutos para assar. No verão, sirva com sucos ou refrescos de frutas e, no inverno, com um chá bem morninho.

 

Se estiver no embalo, depois de frio, jogue em cima uma calda de suco de limão com mel. Hummm!!!!

 

Voilà!

Posted in 1, culinária | Tagged: | Leave a Comment »

Um belo dia (poesia)

Posted by Nanda on November 30, 2007

As garras ávidas do destino

Nos arrastam desprevenidos,

Para longe, bem longe,

De caminhos conhecidos.

Num relance quase agonizante

Vejo o filme da minha vida,

No labirinto infinito do ser imigrante,

Muitas vezes, beco sem saída.

Pelos olhos da minha alma

Passam imagens voando a mil,

Como tempestade de chuva calma,

Transbordo de saudades do Brasil.

O consolo traz suscetíveis lembranças

De um ou outro momento de paz.

Esqueceu-se de esperar, a esperança,

De voltar ao que ficou para trás.

Na embriaguez sempre delirante

Dos meus sonhos acordada,

Revelam-se paisagens eternas,

Belas, cuidadosamente guardadas.

Vejo as ondas de Copacabana,

Pintadas em múltiplos tons de verde,

Numa sinfonia de ritmos diversos,

Transformam-se em espelho vivo do Universo.

Vagueio livre, sigo em frente,

E respiro bem profundamente

A brisa de todo aquele imenso mar,

Que sempre vai, mas insiste em voltar.

Da Pedra do Arpoador

O sol nasce lindo todo dia.

Só o respeito que há no silêncio,

Para entender tanta magia.

Nesta viagem emocionante

Me transporto a Ipanema,

Onde o sol se põe deslumbrante,

Como um eterno poema. 

O doce balanço da garota famosa

Estava na cadência daquele mar.

Só Vinicius e Tom para captar

Os encantos de uma cidade maravilhosa.

Na minha visão pra lá de surreal

Paro de repente extasiada.

Me deparo com um monumento nacional:

O Dois Irmãos no fim da estrada.

Rio lindo de janeiro a janeiro

Sinto saudades de ti,

Do Brasil de corpo inteiro,

Do Oiapoque ao Chuí.

No Nordeste vejo a noite descer no sertão,

A última lamparina a se apagar em Minas.

Sentindo o cheiro forte do chimarrão,

Ando a passos largos na São João.

Saudades demais … as minhas

Vão muito além do meu lugar.

Faltam tantas coisas nas entrelinhas

Que não dá nem para explicar.

Sinto falta das festas que entram noite afora,

Do pão quentinho da padaria,

Dos almoços aos domingos com a família,

Dos amigos sinceros de todas as horas.

A minha alma é morena,

Brasileira, de coração.

Da última geração à primeira,

Uma verdadeira paixão.

No luscofusco, céu e mar se unem

No derradeiro suspiro do dia.

À realidade de súbito me trazem,

Fazendo da minha saudade poesia.

Exílio inevitável,minha doce agonia,

Vigia o exímio desejo incansável,

Que guarda no peito a certeza,

De voltar para o Brasil … um belo dia. 

 

Posted in poesia | 3 Comments »

Série Alimentos Extraordinários: Blueberry: A Pequena Notável

Posted by Nanda on November 30, 2007

blueberries 

Estou contente, porque estou conseguindo começar, finalmente, esta série de artigos, que estou chamando de: Série Alimentos Extrordinários.

Tudo que tem a ver com saúde e formas de prevenir doenças me fascina. Já estava desconfiada, agora tenho certeza. Depois de ler e pesquisar em diversos livros, comecei a prestar a atenção num tópico comum neste tipo de literatura: os alimentos extraordinários.

À medida que os fôr conhecendo e aprendendo sobre eles, vou escrevendo e publicando os artigos neste bloguinho.

Os alimentos extraordinários têm nutrientes com propriedades altamente anti-oxidantes, que são armas poderosas no combate aos radicais livres, um dos fatores-chave, para a manutenção da boa sáude a longo prazo.

Como já foi comprovado cientificamente, não apenas a genética e os avanços da medicina são os responsáveis pela longevidade e habilidade de evitar doenças  crônicas, mas também a capacidade do nosso corpo de administrar os radicais livres.

Algumas doenças como artrite, doenças cardíacas, câncer, diabetes, a doença de Alzheimer e o envelhecimento precose estão definitivamente relacionados com a ação não-monitorada dos radicais livres no nosso corpo.

Desta feita, podemos concluir que, devido às suas propriedades altamente anti-oxidantes, os super alimentos são precisos aliados nesta luta diária, que é manter a boa saúde.

Para vocês, o primeiro de muitos artigos sobre os Alimentos Extraordinários! Espero que gostem! 

Blueberry: A Pequena Notável 

Não tem tradução para o português. Fui no dicionário e achei o seguinte:

blueberry = fruto comestível de uma planta chamada vacínio (bot.).

Esta fruta é pequena e, está sempre em grupo. Talvez seja esta a razão do seu enorme poder. A união faz a força!

Segundo o Dr. Steven G. Pratt, no seu bestseller Super Foods, a blueberry tem a combinação de antioxidantes mais poderosa que qualquer outra fruta ou vegetal.

As propriedades extraordinárias das blueberries incluem o seu papel na diminuição do risco de doenças cardiovasculares e, câncer. 

Um estudo feito recentemente pelo Journal of Clinical Nutrition relatou as propriedades desta frutinha poderosa na prevenção do diabetes, senilidade, câncer de seios, doenças degenerativas dos olhos como cataratas.  

Talvez a melhor notícia dos últimos tempos em relação às propriedades de cura das blueberries tenha sido a descoberta de que reduzem os efeitos das doenças relacionadas com o envelhecimento, como é o caso da Alzheimer e da demência.

Isto tudo sem mencionar os seus efeitos miraculosos na nossa pele. Nossa! Que frutinha danada!

O segredo dos poderes anti-oxidantes e anti-inflamatórios das blueberries é a presença de fitonutrientes anti-oxidantes, principalmente um tipo da família de flanonóides chamado “anthocyanin”. O pigmento que existe no “anthocyanin” é que lhes confere uma cor azul intensa com uma tonalidade arroxeada. As blueberries, além de extremanente curadoras, são lindas! Por isso, as chamo de “As Pequenas Notáveis”.

As blueberries, entre outras coisas, têm na sua composição:

polifenóis (anthocyanins, quercetin etc)

ácido salínico

carotenóides

fibra

vitamina C

vitamina E

potássio

magnésio

ferro

riboflavina

E, além de tudo têm um baixo teor calórico. As blueberries são tudo de bom!

Para efeitos mais dramáticos, recomenda-se a ingesta de duas xícaras por dia.

Super Substitutos: são alimentos que possuem propriedades semelhantes.

A maioria das frutinhas vermelhas, como por exemplo o morango, a framboesa, a amora, a cereja, etc.

Uma receita de shake com blueberries que além de muito nutritivo é delicioso é a seguinte:

1 copo de suco de cranberries (sem açúcar) uva-do-monte em português

1 xícara de blueberries

1 colher de sopa de óleo de linhaça

1 medida de proteína em pó (que de preferência sem lactose)

É uma ótima dica de café da manhã.

Boa sorte com as blueberries!

       

Posted in alimentos extraordinários, dicas de saúde, life style, você sabia? | 10 Comments »

 
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.