O blog da Nanda

um espaço eclético zen

A Loucura Nossa de Cada Dia

Posted by Nanda on October 11, 2006

                               

Olho ao meu redor

Não consigo entender

Tanta gente apressada

Sem tempo de viver 

Almas robotizadas

Vão em busca de poder

Seguem cegas tresloucadas

Escravizadas pelo ter 

Olho ao meu redor

Vejo a amarga ilusão

Pingar dos rostos sofridos

Dos que não sabem ser amigos

Dos que não acreditam no amor 

Ouço falsas palavras

Cantando seus velhos refrões

Conveniências macabras

Deliram por miseráveis cifrões

Valores invertidos

Sorrisos ensaiados

Ser sincero é divertido

Ideais desalentados

É preciso anestesiar a dor

Sofrer não é permitido

Ninguém pode parar a vida

Que agoniza em doce torpor

Arrasto-me pela insensatez do certo

Não aceito o aceitável

Arrisco o dom da franqueza

Tento ser vulnerável

Diante da dor nossa de cada dia

Lanço um olhar ao Alto em gratidão

Primeiro pela poesia

Depois pelo coração    

                                  by Maria Fernanda            

One Response to “A Loucura Nossa de Cada Dia”

  1. Mariza said

    Nandinha

    Lembrei de uma mensagem que enviei sobre SER ou TER.
    As pessoas hoje se preocupam demais em ter, desde coisas materiais a poder. Lutam a vida toda por isso e esquecem de SER.
    Vemos tantas pessoas se matando por heranças, traindo para ter mais que o outro, com inveja pelo outro possuir mais e se esquecem que qdo morremos nada levamos, e que seremos lembrados com carinho e amor pelo que plantamos nos corações. Coisas se perdem, se gastam, mas Amor fica.
    bj

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: