O blog da Nanda

um espaço eclético zen

O melhor presente de natal

Posted by Nanda on December 20, 2006

E, estamos mais uma vez chegando ao final do ano. Escrevi e preparei vários textos novos para o blog, mas infelizmente não tive tempo de passar para o papel, ou melhor, de passar pra telinha milagrosa. Enfim, estou correndo, arrumando tudo, para viajar para o Rio amanhã à noite. Pra variar me sinto divida. Por um lado vou ver minha mommy, família e amigos do lado de lá. Por outro lado, fico triste por deixar a Duchi, a minha branquinha, aqui. Mas, ela sofre tanto com viagens de avião… Ela chora o tempo todo, é uma judiação. Vou deixá-la com uma amiga que é muito carinhosa. Ela vai ficar bem. Ela é a minha família daqui.Então… estou enviando juntamente com essas mal traçadas linhas, um conto de natal.Feliz Natal pra todos vocês! E que 2007 traga SAÚDE e PAZ pra todos nós! Beijos no coração  da Nanda 

O melhor presente de Natal

                                           Maria Fernanda  Quando o fim de ano vai se aproximando, como num passe de mágica, independentemente de religião ou filosofia, parece que nos quatros cantos do planeta o ritmo diminui, desacelera. A impressão que se tem é que alguém apertou o botão “pause” e que tudo e todos entram numa outra rotação.  A hora é de balanço do que foi conquistado e do que faltou conquistar. Entre perdas e ganhos, renova-se a esperança de dias melhores e a antecipação do novo nos faz sorrir o coração.Tudo isso coincide com a mudança do clima. No hemisfério norte, entra o introspectivo inverno, e no hemisfério sul o verão entra com toda alegria que tem direito. O sentimento, porém, é que o Natal acontece durante uma espécie de primavera perdida, atemporal. O nosso infindável lufa-lufa fica “on hold”, quase como num rito de passagem anual. O Natal passado foi outro dia mesmo…impressionante. O tempo corre veloz,  zombando do nosso desafio diário de tentar conciliar os nossos famosos compromissos. No final das contas, todos nós levamos uma vida de artista, porque trabalhar, cuidar da casa, da saúde, dos filhos e da família, pra quem tem, e tudo o que isso envolve, … é uma ARTE com todas as letras em maiúsculo. Isso sem contar com os imprevistos nossos de cada dia.O Natal passado foi particularmente difícil, porque não pude passar com a minha família como sempre faço. A frustração e a impossibilidade me trouxeram lembranças de momentos preciosos que outros Natais já tinham me dado de presente. Através dessas lembranças, verdadeiros tesouros, viajei por esses outros Natais, e me senti como se tivesse realmente ido até lá… … era noite de Natal. Subir a serra sempre foi uma experiência revitalizante. De repente fica tudo mais verde, mais calmo e, com certeza, mais fresco. É um alívio para quem vem das atribulações de uma cidade grande e agitada como o Rio de Janeiro.Chegar em Petrópolis tem sabor de infância. A única cidade imperial do Brasil tem uma espécie de quietude majestosa. A responsabilidade de já ter sido a capital do Império, e de abrigar toda a corte durante o verão, nunca pesaram sobre ela. Não foi à toa que os Pedros, tanto o Primeiro quanto o Segundo, se apaixonaram pela região.Subir a íngreme ladeira da casa da Tia Therezinha é, sem dúvida, um ótimo estímulo para as minhas árduas tentativas de entrar em forma. Uff! O latido forte do Zorba anunciava a última pessoa a chegar: eu. Já estavam todos lá. As crianças na maior agitação, felizes pela oportunidade de brincarem juntas mais uma vez. Lideradas pelo meu afilhado Gabriel, que está lindo e grande, corriam pela casa toda. Uma coisa que me faz falta é ver as crianças da minha família crescer. Isso faz parte de um pacote de  coisas que se tem que abrir mão, quando se decide viver em outro país.As Cajazeiras, três primas nossas, irmãs entre elas: Olanda, Oneida e Onilda já estavam a postos, empenhadas nos últimos preparativos para a tão esperada festa. A Olanda arrumava as frutas animadamente, fazendo arranjos do tipo cascata com uvas de diferentes qualidades e cores. A Onilda cuidava da elaboração de vários quitutes. Maravilha, porque ela tem o dom de cozinhar. A Oneida ajudava à minha mommy a fritar as famosas rabanadas. Uhum!!!!!!!!! Ninguém faz rabanada como a minha mãe.Tia Therezinha, minha madrinha e anfitriã, andava com seus passinhos curtos, rápidos e eficientes, certificando-se de que tudo estava nos estrinques. Todos os anos ela trabalha muito para que todos nós possamos desfrutar desse momento tão especial… uma formiguinha incansável. Obrigada, Tereka, por tanta geneorosidade! O jantar estava servido. A mesa, cuidadosamente ornamentada, estava coberta por iguarias raras, feitas com todo o carinho do mundo… a torta de bacalhau com aipim e creme de leite, o peru assado com rodelas de pêssego em volta, o arroz de forno e a farofinha básica que nunca pode faltar. Ah! E as sobremesas então? O mousse de chocolate crocante é de se comer com os olhos fechados, os ovos nevados… são de deixar até os deuses com água na boca.Mais tarde a gente formava um círculo, para uma oração em conjunto e também, para falar sobre como havia sido o ano de cada um. O nosso primo Amilton conduzia essa nossa oração sempre com muita convicção e fé.Nossa! Hora do amigo oculto! Que alegria! Quem teria me tirado naquele ano? A surpresa fazia com que os nossos olhos brilhassem. Todo mundo virava criança de repente.E, a festa continuava animada noite a dentro……e continua viva dentro de cada um de nós onde quer que a gente esteja. Tenho certeza.Passar o Natal com a família, com as pessoas que a gente ama, pode ser um desses lugares preferidos, que a gente visita no coração, não somente quando, por força de circunstâncias, não podemos estar fisicamente presentes, mas toda vez que o potinho da saudade transborda de tão cheio. O melhor presente, afinal, é o próprio Natal.  

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: