O blog da Nanda

um espaço eclético zen

Cabo Frio, Búzios e Arraial: um banquete para os sentidos

Posted by Nanda on January 19, 2007

Praia Azeda

 Depois de um fim de ano com muito estresse e, férias que com certeza foram piores do que se tivesse ido para um boot camp, finalmente volto a este bloquito michuruca com a intenção de fazer dele um ponto de  encontro de amigos e pessoas com os mesmo interesses. Não sabia ao certo por que assunto recomeçar. Aí, recebi um email do meu primo Dadado, que me chamou a atenção para uma reportagem do JB sobre Búzios e arredores. Bingo!Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios têm para mim um significado todo especial: foi onde passei com a família as férias da minha infância. 

Faz tempo… Lembro-me perfeitamente da casa da Ogiva, que ficava numa rua de terra batida, onde na esquina havia o Clube Náutico de Cabo Frio, que existe até hoje. Tomava banho de piscina só de calcinha. Imagina… Eu, meu irmão Jorge Luís e nossos primos Luís Eduardo (Dadado) e Cecília (Ceci)  brincávamos no pequeno playground e, quando cansávamos íamos para a prainha diminuta de areias branquíssimas, que fica nos fundos do clube. Era tudo tão bom… A natureza deslumbrante era um banquete para os sentidos. Acho que naquela época não percebíamos isso. Era tudo tão normal…

A casa, típica daquela região, de tijolinhos aparentes e redes na varanda às vezes abrigava mais de trinta pessoas da nossa família. Era tudo festa. De manhã, em geral íamos às Praias do Peró e Conchas, que ficam próximas à Ogiva. A Praia das Conchas é a minha praia favorita até hoje. Voltávamos para casa, para um lauto almoço à base de deliciosos peixes da região.  Depois do almoço, os adultos se juntavam para jogar buraco, ao som de muita bossa nova e jazz. Aquela foi a minha iniciação musical que me influencia até hoje. 

As crianças brincavam de mil coisas do tipo chicotinho queimado, ou simplesmente balançar nas redes. O meu irmão quebrou a cabeça, balançando naquelas redes, em ocasiões diferentes. Não conheço ninguém que tenha quebrado a cabeça mais vezes que ele.  Eu ficava tão encantada de estar na natureza que só o fato de estar ali já me deixava em alfa.

Em noites de lua cheia, alguns tios, primos e primas mais corajosas íam pescar camarão com o arrastão. Era legal ver as pessoas chegando da pescaria. Ainda ouço o eco dos risos alegres  e, ainda vejo o reflexo do brilho dos olhares de satisfação.

Mais tarde, quando estávamos mais crescidinhos, nos lançávamos em aventuras mais arrojadas, como atravessar o canal da Ogiva a nado, por exemplo. Todos nós tínhamos bastante intimidade com a água. E, era bacana fazer aquelas coisas em família. Era tudo muito especial. 

O tempo passou, nós crescemos e, a casa da Ogiva foi vendida. Restaram as lembranças e, a certeza que aquelas férias memoráveis plantaram sementes que não têm preço, como o amor pela natureza e pela boa música.

Para os milhares de turistas, que partem para aquelas paragens todos os fins de semana, as praias deslumbrantes, as ótimas opções de restaurantes, hotéis, pousadas e, um comércio eclético, eficiente o suficiente para agradar dos gostos mais simples aos mais sofisticados fazem daquela região um verdadeiro paraíso tropical  com gostinho de jet-set internacional, que o digam celebridades, que se apaixonaram perdidamente pelo lugar, como é o caso de Brigitte Bardot.   

Pra vcs, de presente, uma foto da lindíssima Praia Azeda, que é uma pequena praia de águas calmas e cristalinas. O acesso só pode ser feito por uma pequena trilha vinda da praia dos Ossos ou de barco.

Que esse ano de 2007 seja de muita saúde e paz. E que a gente tenha mais tempo de se encontrar com a natureza.

Cheers!!!!!!!!!!!!!!! 

 

4 Responses to “Cabo Frio, Búzios e Arraial: um banquete para os sentidos”

  1. Mariza said

    Nandinha

    Esta semana estive em Paraty. Tb é um lugar muito lindo, com o Centro Histórico tombado pelo IPHAN.
    Passeio pelas praias e ilhas de escuna é imperdível.
    Assim que puder mando fotos para vc apreciar.

    bjão

  2. julinho said

    Oi Maria fernanda,

    Logo que abri o blog, já me deliciei com a linda foto do seu post. Maravilhosa!!! Me deu a maior saudade também. Ahhhhh!! Quero ir pra Búzios amanhã!!!!

    Saudades de vc. Precisamos nos encontrar para por o papo em dia e comer aquele Sushi maravilhoso do Matsuri…….hummmmmmmm…que fome!!!!

    Um grande beijo.

    Julinho Mazzei

  3. daniel gomez said

    Oi,pessoal! Búzios é maravilhoso, um espetáculo. Há muitas opções de hospedagem e culinária. Só um conselho: Não se hospedem no Solar do Peixe Vivo , pois lá é tudo descuidado, móveis velhos, muitos bichos, aparentemente o dono não investe na pousada. Infestada de insetos. Nestes tempos de febre amarela, etc., é bom não arriscar. Aconselho nao ficarem lá. Daniel.

  4. edu said

    Oi, Nandim,
    digitei “cabo frio arraial do cabo jazz” no google e vim parar aqui.
    Muito bom reler essa crônica.
    Beijo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: